28/03/2011

Queria ser


Queria ser tua ponte
Entre o Céu e a Terra
E além do horizonte
Alcançar a Lua
E nua me banhar de estrelas
Meus cabelos atar
Com fitas de prata
E como chuva caindo na mata
Exalar meu cheiro
De terra molhada
E ser chamada
No sussurrar do vento
Espalhando perfumes
Num arco-iris de vagalumes
Encontrar teu rastro
Teu passo,teu braço
Pegadas na estrada
Queria ser tua fada
Tua espada,tua lança
Tua criança,tua mulher
E quando vier
Tempos de guerra
Ser tua terra,teu repouso
Tua cama,tua chama
Me acende,me ama
Me enlaça,me abraça
Me desfaça e refaça
Num grande amor capaz
De encontrar a paz...
Anna Geralda Vervloet Paim

0 comentários:

Previous Post Next Post Back to Top